TV GLOBO BRASIL

Vez por outra retorna a dúvida. O Brasil moderno, tem os meios de comunicação avançados, ou este Brasil atual é resultante da presença de meios de comunicação criativos e inovadores numa fase quase “tupiniquim”?
Cada vez a percepção de que foram aqueles meios e especialmente a TV Globo e a sua Rede, o fator de superação e aceleração do desenvolvimento no Brasil.
O território não alterou, nem os “milagres” incidiram tanto assim.
Algo intangível, um conceito de inclusão “Sou brasileiro”, e não há nada, nem lugar melhor que o Brasil.
Esse sentimento independente do local ou região , das carências e de que diferentes posições ante os recursos essenciais ou mesmo supérfluos a pessoa e seus coletivos tivessem.
A Globo construí esse sentimento coletivo nacional único.
Penso que não foi a sua meta, mas apenas resultante de um modelo de meio de comunicação e de seus padrões de trabalho e qualidade.
Do Oiapoque ao Chuí esse conceito fundamental de abrangência e integração, não apenas como bandeira ideológica ou política, “Ame-o , 70 milhões…pra frente Brasil” e outras, mas sim na identificação da “Novela”, dos Jornais e muito especialmente o JN (Jornal Nacional) passando pelo humor, esportes e shows.
Rostos e vozes como o de Cid Moreira, Sergio Chapelin, Jô, Galvão. Os personagens de Chico Anísio, ou o Plim-Plim, a F1 e Ayrton, o vôlei e o futebol.

A Globeleza, carnaval e as series. Tudo integrando componentes de regiões diferentes mas acima de tudo educando para: A Brasileridade.
Identidade de uma Republica Federativa, o Brasil de todos os brasileiros.
O quase impossível objetivo de conseguir uma identificação coletiva nacional, a partir de diferenças tão marcadas entre regiões, pessoas, sociedades e culturas existentes no Brasil, foi ocupado por outros conceitos de inclusão, basta o verde e amarelo para identificar um coletivo com valor de identidade. Ser feliz por ser brasileiro.
A Rede Globo no Brasil, tem sido a principal construtora de identidade nacional, plataforma básica para que uma nação aponte ao seu desenvolvimento apesar de marcadas diferenças e desigualdades.
Então o conteúdo e o meio de comunicação, ficam inseridos de modo inseparável nesse processo de construção de cidadania. Globo um exemplo de TV na Educação integradora nacional.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: