Películas e Goiabada

Os filmes viajavam pela ONDA, uma empresa uruguaia que usava ônibus de USA, fabricados em alumínio sob desenho da Boeing. Motor traseiro GM Coach, suspensão sobre bexigas de ar, ar condicionado e vidros ray-ban. Coisas sofisticadas da “Suíça sul-americana”. Esse ônibus trazia desde Montevidéu uns sacos de lona onde vinham empilhadas as latas de filmes. Alguém percebeu que tendo sacos idênticos, mas recheados de latas de goiabada brasileira, passariam desapercebidos pelos controles da alfandega. E assim aconteceu, até que o numero de sacos eram tantos a cada semana que deu para suspeitar: filmes demais. Latas de goiabada brasileira de contrabando, parte da saga do cinema no Chui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: